Nos acompanhe - Assine o nosso feed e a nossa newsletter

Gostou da INFORESGATE? Nos Acompanhe - Assine o nosso FEED RSS ou a nossa newsletter! E fique sempre informado! :)

Assinar o feed

sábado, 13 de agosto de 2011

Chega ao Brasil o Google Business Photos


Daqui uns dias chega ao Brasil o  Google Business Photos, uma ferramenta bacaníssima muito parecida com o Street View. Servirá para mostrar o interior de lojas, restaurantes, hotéis, assim saberemos como o local realmente é, não só pela fachada na rua.  Nesse seguimento o Bing está na frente com seu Photosynth, que permite que empresários enviem fotos panorâmicas de seu estabelecimento.

Dá uma olhadinha no comercial logo abaixo:


Abraços,
Ricardo Aguero

Hackeados celulares pela Internet

Companhia participante de coalização hacker descobre como quebrar código de criptografia de celulares com tecnologia GPRS


Uma empresa de segurança alemã descobriu como quebrar o código de criptografia de alguns celulares usando a internet, afirmou o jornal Handelsblatt nessa quarta-feira, 10, citando o diretor da companhia.

A descoberta de uma forma de tirar informações da tecnologia GPRS permite que se leia e-mails e se observe o uso da internet feito por uma pessoa cujo aparelho foi hackeado, disse Karsten Nohl, diretor da Security Research Labs.

“Com nossa tecnologia podemos capturar dados de comunicações GPRS num raio de 5 quilômetros”, disse ele ao jornal antes de um encontro do Chaos Computer Club, grupo que descreve a si mesmo como a maior coalizão hacker da Europa.
Telefones que usam o novo padrão UMTS são mais seguros, disse Nohl, mas a quebra da criptografia afeta equipamentos industriais e qualquer aparelho que use GPRS — incluindo novos aparelhos como os iPhones e iPads da Apple, que mudam para o modo GPRS em áreas remotas.

Fonte: Link Estadão

Abraços,

Ricardo Aguero

Google estréia Jogos no G+ e Facebook contra-ataca com novidades

Declarada a guerra das redes sociais entre o G+ e o Facebook na área de games. O Google lançou sua plataforma de jogos conforme os leitores de Inforesgate vão se interar mais abaixo. O Facebook, não contente com isso, já contra-ataca lançando mais uma novidade para seus jogadores online...agora a guerra entre os gigantes da rede social já chega aos games...quem ganha com isso são os usuários de ambas as redes sociais que podem curtir seus jogos a vontade independente dessa briga de GIGANTES.

No Google Plus...

O Google anunciou hoje a inclusão de games para os usuários de sua rede social, Google+.
O acesso aos jogos será feito através de um botão que aparecerá no topo da página (próximo ao botão da Página Inicial). A liberação aos conteúdos acontecerá de forma gradativa para todos os usuários.

Lista de jogos que estarão disponíveis inicialmente no Google+Será possível acompanhar as atualizações de seus contatos, games recentemente jogados, além de verificar suas pontuações e conquistas. As suas informações só serão vistas pelo seu círculo quando eles também aderirem à seção Games.
Segundo o Google, a ideia é adicionar mais interação ao site, mas sem bombardear o usuário com convites e avisos. "Os jogos do Google+ estarão lá quando você quiser e sumirão quando você não quiser", diz Vic Gundotra no blog oficial da empresa. 
Há uma série de jogos básicos que surgirão aos poucos para os usuários. Além de Angry Birds, jogos triviais, como Sudoku e Bejeweled estão confirmados. O estúdio Zynga, criador de sucessos para o Facebook como jogo FarmVille, também desenvolverá jogos para o Google+.



O Google não confirmou quantos jogos estarão disponíveis de imediato, mas games como Angry Birds e Zynga Poker estão na lista. Também não há detalhes do modelo de negócios, mas a ver pelos títulos mencionados é provável que os conteúdos devam ser gratuitos, assim como ocorre nos jogos sociais do Facebook.

Quem ainda não tem os jogos e já tá inscrito no G+, cliquem no link abaixo:

Games Google Plus

Enquanto isso no Facebook...


Algumas horas após o anúncio do Google de disponibilizar games na Plus, sua nova rede social, o Facebook também apresentou novas características para o sistema de jogos.
A principal delas é uma nova caixa que irá exibir todas as atualizações dos contatos dos usuários no mundo dos games sociais. A nova caixa irá aparecer à direita da tela enquanto o usuário estiver jogando. “A melhor maneira de encontrar novos games é por meio dos amigos”, justifica o Facebook, em comunicado publicado em seu blog.
Porém, o usuário poderá escolher quais atualizações ele deseja exibir. Para isso, bastará marcar a opção de privacidade dentro do app ou excluir a publicação.
Além disso, os jogos serão exibidos em uma área maior da tela. De acordo com a rede social, o objetivo é tornar a experiência mais imersiva.

Fonte: INFO , Folha TEC

Abraços,

Ricardo Aguero

Cinco mitos de como usar as redes sociais nas empresas


rede social
Ainda existe muita polêmica quando o assunto é como as empresas podem usar as redes sociais para aumentar negócios e a produtividade da equipe. Mais do que isso, os próprios especialistas do setor têm criado mitos sobre as estratégias de como pode ser possível ganhar dinheiro e clientes nesses novos ambientes.

Em um artigo publicado na Forbes, Neal Rodriguez, um especialista norte-americano em redes sociais, mostra alguns mitos que as empresas precisam quebrar se quiserem aproveitar melhor a tendência de disseminação dos modelos de mídias sociais.

A seguir, veja cinco dos principais mitos sobre uso das redes sociais nas companhias, destacados por Rodriguez:

Mito 1: Todo mundo está nas mídias sociais

Como surgiu? A cada dia, nasce uma nova estatística voltada a comprovar como as redes sociais são mais eficientes do que outras mídias para divulgar produtos entre diversos usuários. “Isso é uma tática descarada para você contratar esses especialistas [que divulgam as pesquisas]”, afirma Rodriguez. A verdade, segundo ele, é que nem todo mundo, pelo menos ainda, está conectado a esses ambientes.

O que fazer? Para conquistar as pessoas que não estão nas redes sociais, a internet pode ser uma boa aliada, defende o especialista. Segundo ele, para isso, é necessário estimular que os usuários encontrem seu site facilmente quando fazem uma busca na web. O que depende de investimentos em SEO (Search Engine Optimization), otimização dos mecanismos de busca.

Mito 2: É impossível fazer uma ação sem a ajuda de especialistas

Como surgiu? Os consultores tentam convencer seus clientes de que as campanhas lançadas nas redes sociais dependem de ações extremamente sofisticadas e específicas. Quando, na realidade, podem ser bem mais simples do que aparentam.

O que fazer? “Vá no Google e digite: o nome de seu produto ou indústria + rede social (mídia social ou fórum)”, aconselha Rodriguez. A partir daí, deve-se analisar quantas pessoas estão registradas nesses ambientes e como elas interagem com as discussões.

Baseado nos temas mais discutidos, que tenham a ver com seus produtos ou com sua empresa, o usuário pode postar algum tipo de pergunta ou artigo nessas redes sociais. “E use as respostas ou comentários para criar um conteúdo interessante para a comunidade”, acrescenta.

Mito 3: Blogs são uma perda de tempo

Como surgiu? Existem muitas discussões no mercado sobre o que as empresas ganham em ter um blog. O especialista defende que essa pode ser uma importante ferramenta para que as pessoas passem a ser conhecidas em um determinado setor e consigam expor suas ideias, “especialmente se você tem algo importante para dizer e você diz isso com base em informações consistentes”.

O que fazer? Criar um blog é relativamente simples. A maneira mais fácil é utilizar a plataforma do WordPress ou BLOGGER e escolher os temas mais relevantes que possam, principalmente, responder a grandes dúvidas de seus potenciais clientes. “Adicione sempre uma questão no final [de cada post] para encorajar as pessoas a deixarem comentários”, cita Rodriguez.

Ele aconselha ainda a, toda vez que postar algo novo, envie o conteúdo para contatos nas redes sociais e por meio do e-mail para clientes (atuais e em potencial).

Mito 4: As mídias sociais podem substituir o e-mail

Como surgiu? Há uma crença de que as mídias sociais são a grande descoberta da humanidade nos últimos tempos. Mas isso não significa que elas vão resolver todos os problemas para quem quer anunciar um produto ou serviço ou, mais do que isso, nada mostra que elas vão substituir totalmente o e-mail.

O que fazer? “O e-mail continua a ser um dos meios mais eficientes para empresas conseguirem novos negócios”, avisa Rodriguez. Uma saída para combinar essa ferramenta com as redes sociais é capturar os endereços eletrônicos de todas as pessoas com as quais você está conectado virtualmente e que possam se interessar por seus produtos e serviços. E, a partir daí, enviar campanhas específicas para elas.

Mito 5: Você não pode medir o retorno sobre o investimento em mídias sociais

Como surgiu? Muitos especialistas em mídias sociais sabem como usar esses ambientes para socializar, mas poucos têm a experiência para medir o retorno das ações de marketing nesses ambientes.

O que fazer? Rodriguez diz que medir o retorno dos investimentos em redes sociais depende de três fatores: identificar qual foi o meio de contato primário de seus clientes com seu site (redes sociais, e-mail, busca na web, entre outros); verificar quais os conteúdos mais acessados; e calcular o valor gerado por cada atividade.

No caso específico do cálculo do valor médio gerado por uma ação, isso pode ser feito simplesmente com uma análise de quanto em dinheiro foi gerado por conta de uma determinada campanha por e-mail, por exemplo, e dividir esse valor pelo número de usuários que receberam a ação. 

Abraços,

Ricardo Aguero

Mais uma do facebook...App coleta informações e números de sua Agenda seja Android ou iPHONE


Messenger puxa contatos do telefone automaticamente, sem antes consultar o dono do celular ou perfil

O Messenger do Facebook mal foi lançado e já começa a criar polêmica: o Facebook está se apropriando indevidamente dos números de telefone fornecidos pelos usuários. O app para Android e iPhone tem uma ferramenta que transporta os números de telefone que estão na memória do celular para a conta do Facebook.
Quem escreveu sobre o caso foi Tom Anderson, fundador do MySpace e empreendedor da web, em seu perfil do Google+. Segundo ele, várias pessoas o alertaram de que o app estava mostrando os números de telefone de todos os contatos do Facebook. Ele testou e constatou: sim, o app divulga os contatos de todos os seus amigos no Facebook, não somente dos que estão na agenda do seu telefone, e nem só daqueles que optaram por compartilhá-lo com o resto da lista.
Ele deu os passos para visualizar os números dos telefones dos contatos: vá em “conta”, acima e à direita, e depois em “editar amigos”. Depois, escolha “contatos”: você verá os números de telefones de seus amgios do Facebook. Para evitar a sincronização de seu número de telefone, é preciso desativar a opção no menu.
Em seu primeiro dia de lançamento, o app já ficou no primeiro lugar nos downloads da App Store.


Abraços,

Ricardo Aguero
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Info Resgate Headline Animator

Ocorreu um erro neste gadget