Nos acompanhe - Assine o nosso feed e a nossa newsletter

Gostou da INFORESGATE? Nos Acompanhe - Assine o nosso FEED RSS ou a nossa newsletter! E fique sempre informado! :)

Assinar o feed

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Os oito ataques mais famosos ao Android


Com a penetração de smartphones em todos os segmentos do mercado, o malware móvel cresce e de acordo com uma nova ameaça relatada pela Lookout Mobile Security, o Android é alvo da maior parte dos ataques.

Aqui estão oito dos malwares mais perniciosos que ameaçaram o Android:
  1. Apps falsos de bancos: em 2009, enquanto o Android Market ainda era relativamente novo, um usuário conhecido como Droid09 upou vários apps online de bancos para enganar usuários de grandes instituições bancárias a digitar seus logins de conta online.
  2. Android.PjappsM: no começo de 2010 invasores baixaram programas legítimos do Android Market, os infectaram com o malware Android.Pjapps  e distribuíram a versão modificada em marketplaces terceirizados. O objetivo – de acordo com a Symantec – era roubar informação de dispositivos infectados e arrolá-lo em uma botnet que então lançaria ataques a sites para roubar dados adicionais e infectar mais dispositivos. Também enviava mensagens SMS com custo.
  3. Android.Geinimi: apesar de não ser muito preocupante para usuários norte americanos, o cavalo de tróia conhecido como Geinimi corrompia inúmeros dos jogos legítimos do Android em sites de downloads chineses e adicionava dispositivos infectados em um botnet móvel.
  4. AndroidOS.FakePlayer: embora relativamente ineficazes contra alvos com base nos Estados Unidos, a ameaça demostrou a facilidade com que um invasor pode roubar de usuários sem seu conhecimento. Como a Symantec explicou, “esse app malicioso se disfarça de um aplicativo de media player. Uma vez instalado, ele envia silenciosamente mensagens SMS (ao custo de muitos dólares por mensagem) para números de SMS na Russia”. Felizmente não funcionou em redes sem fio fora da Rússia então o dano real foi mínimo para os clientes norte americanos.
  5. DroidDream (codinome Android.Rootcager): uma das campanhas mais nefastas de malware abordadas no Relatório de Ameaças da Lookout, o DroidDream infectava cerca de 60 diferentes aplicativos legítimos na plataforma Market e infectou centenas de milhares de usuários no primeiro trimestre de 2011. O malware acrescentou dispositivos infectados para um botnet, violou a proteção de segurança do Android, instalou software adicional e roubou dados.
  6. Android.Bgserv: pouco depois do Google implantar uma ferramenta para os usuários limparem os dispositivos que tinham sido infectados com o DroidDream. Conhecido como Android.Bgserv, este malware um pouco menos perigoso, rouba dados do dispositivo como o número do telefone e upava na China.
  7. GGTracker: em junho desse ano uma ameaça chamada GGTracker mostrava aos usuários com uma página de rede móvel projetada para parecer como a do Android Market e levou-os a baixar um app de economia de bateria do telefone. Uma vez instalado, o app enviava mensagens SMS premium do número de telefone, cobrando taxas de US$40 por cada uma.
  8. DroidKungFu: em uma emergente tática de distribuição de malware conhecida como ataque de atualização, os criadores entram na app store por meio de um aplicativo legítimo, esperam que um número significativo de usuários os instale e então injetam malware por meio de atualização over-the-air. O primeiro exemplo desse tipo de ataque foi o DroidKungFu e foi frustrado antes mesmo de infectar usuários no Android Market. Os analistas de segurança da Lookout acharam o malware nos mercados chineses e depois perceberam os mesmos escritores tentando postá-los no mercado oficial. A Lookout notificou o Google e o app foi imediatamente rejeitado.
    Fonte: ITWEB 

    Abraços,

    Ricardo Aguero

    Quer ter o Android e não possui um Smartphone e nem Tablet? Tem jeito...

    Se você que experimentar o Android e seus aplicativos, e não possui um smartphone e nem um tablet, e não quer estar utilizando máquinas virtuais, hoje conseguimos achar o YouWave na internet e vamos realizar o seu desejo com uma aplicação para Android em seu PC com Windows.

    YouWave Permite que você execute facilmente diversas aplicações para Android emulando um ambiente digno do S.O. em teu PC. Ao contrário de emulador para desenvolvedores, o YouWave é leve e rápido além de super fácil de usar. E o melhor de tudo, você não precisa de um aparelho Android, basta ter um computador com windows.
    Para usar o
    YouWave em seu PC, fazer os seguintes passos:

    Nota: Se você estiver instalando o YouWave em um PC com VirtualBox podem ocorrer conflitos.

    Paso #1: Baixar YouWave Android no seguinte site.

    Paso #2: Execute o arquivo baixado e complete a instalação.

    clip_image002

    Paso #3: Agora com YouWave instalado, basta conseguir as aplicações Android. Toda aplicacão Android, o arquivo termina com a extensão .apk. Pode fazer uma busca no Google, acessar as páginas como SlideMeGetJarAndAppStore onde tem um catálogo vasto de aplicações para o Android disponíveis para baixar. Escolha uma aplicacão e baixe o arquivo .apk.


     Paso #4: Agora inicie YouWave. Este abre uma console onde pode ver uma imagen oe Android e uma seção na esquerda o qual enumera algumas aplicações já pré-instaladas. Vamos subir uma aplicação que baixamos no passo anterior.

    Paso #5: Insira o arquivo no diretório onde instalou YouWave ( /youwave/android apps/

    clip_image004

    Paso #6: Isso adiciona o aplicativo para o diretório do aplicativo dentro do YouWave. Para executar um aplicativo, basta clicar duas vezes.

    image

    Paso #7: Você pode categorizar os aplicativos simplesmente com o botão direito e escolhendo a categoria. Para

    clip_image006 


    Espero que curtam essa postagem tanto quanto eu, essa dica nos foi passada pelo Leonardo Machuca direto de Madrid na Espanha...Divirtam-se:
    Abraços,

    Ricardo Aguero

    FonYou, seu celular na internet

    Se ter a internet no celular é uma característica cada vez mais comum nos novos aparelhos, ter o celular na internet é novidade. A FonYou, uma empresa espanhola, fundada em 2006, desenvolveu um novo conceito que pode vir a evolucionar a utilização dos celulares. A operadora virtual permite que os utilizadores tenham total controle do seu telefone móvel a partir da Internet, sem necessidade de trocar de operador, comprar outro celular ou mudar de SIM.

    Segundo explica Fernando Nunez Mendoza, fundador e CEO da empresa, ao ABC, este serviço "abre a porta a inúmeras possibilidades não disponíveis até agora nos celulares convencionais". O número da FonYou funciona como uma central configurável, onde se pode utilizar qualquer telefone ativo para receber e fazer chamadas, ou mandar SMS. Os custos das chamadas são pagos diretamente ao operador que o cliente tinha inicialmente.

    Desta forma, quando alguém telefona para o número da FonYou, a chamada é transferida para o telefone que o cliente definiu inicialmente. Assim, o responsável explica que este é um "serviço complementar e não substituto".
    fonYou – Disponível nas línguas Espanhol e Ingles o site fonYou que completa um ano de vida e tinha seu serviço pago resolveu de vez a questão: “Grátis, grátis para todos”


    O site já conta com inúmeros de clientes que utilizam o serviço e agora não precisaram mais efetuar nenhum pagamento e ainda está aberto para que outras pessoas possam utilizar ao cadastrarem.

    Por um preço de apenas Um Euro mensal era possível a utilização que passa a ser de graça a partir do dia 1 de julho.

    Com o serviço gratuito as pessoas poderão utilizar o limite de até 1.000 minutos por mês, e 300 SMS o que cobre as necessidades básicas do usuário de nível médio.

    Talvez não seja tão simples utilizar o serviço aqui no Brasil, mas fique de olho, pois o site promete expansão de serviços e regiões.
    O serviço é mestre em pelo menos 3 faces da telefonia:
    • Filtra as chamadas – através do painel de controle é possível receber ou não.
    • Personaliza as mensagens de acordo com os receptores
    • Escuta as mensagens que foram enviadas a você.

    Visite o site fonYou

    Comercialização:

    Free


    Firmware:

    Requisitos: Compativel com iPhone, iPod touch y iPad.
    Requiere iOS 3.1.2 ou posterior
    • Categoría: Produtividade
    • Publicado: 21/01/2011
    • Versión: 1.5.0
    • 1.5.0
    • Tamaño: 1.6 MB
    • Idiomas: Español, Inglés
    • Desenvolvedor: fonYou Telecom S.L
    • © fonYou 2011
    Aguero:
    Não foi testado por mim...quem o fizer poste comentários
    .

    Sobre:
    Cada vez mais, os novos conceitos que venham a surgir à luz de estudos promissores, muitos com o único propósito de melhorar e facilitar nossas vidas todos os dias. Hoje apresentamos FonYou, uma idéia revolucionária que nos oferece a possibilidade de ter dois números diferentes em um mesmo terminal.
    A idéia em si é muito simples: uma vez que você se registrar no FonYou, você pode escolher um novo número de telefone, este será o número do seu FonYou. Este novo número será vinculado ao seu número habitual, para que qualquer chamada feita para o número FonYou irá recebê-lo em seu número usual - funciona da mesma forma que o desvio de chamada-. No vídeo você tem o conceito explicado muito facilmente


    Como você pode ver, nós também podemos fazer chamadas ou enviar SMS através do nosso número de FonYou usando a aplicação do iPhone. Isto permite-nos manter nosso número habitual ocultado se não divulgamos que ele a que chamamos. Os usos que nos permite são amplos: é perfeito para ter um segundo número para dar às empresas, desconhecidas ou entrar em redes sociais.

    Outra opção - e tremendamente útil - é para os empresários e os freelancers que você agora um negócio e necessidade de ter um segundo número, sem necessidade de acima de dois terminais diferentes.

    O custo das chamadas do FonYou número será fornecido pelo operador ter contratado, mesmo para chamadas internacionais. 

    Em tempo, essa dica do FonYou nos foi enviada diretamente de Madrid na Espanha, pelo Leonardo Machuca...não testei aqui...quem testar, favor postar nos comentários....desde já agradeço...

    Abraços,

    Ricardo Aguero

    O que é o QR CODE?

    Cada vez mais presente em ações de marketing, os QR Codes ainda se parecem mais com um enigma do que com um meio de transmitir rapidamente informações a dispositivos móveis. Mas o que é, afinal, um QR Code?


    É um código de barras em 2D que pode ser escaneado pela maioria dos aparelhos celulares que têm câmera fotográfica. Esse código, após a decodificação, passa a ser um trecho de texto, um link e/ou um link que irá redirecionar o acesso ao conteúdo publicado em algum site.

    Esse tipo de codificação permite que possam ser armazenada uma quantidade significativa de caracteres:

    Numéricos: 7.089
    Alfa-numérico: 4.296
    Binário (8 bits): 2.953
    Kanji/Kana (alfabeto japonês): 1.817

    Inicialmente criado pela empresa japonesa Denso-Wave em 1994 para identificar peças na indústria automobilística, desde 2003 é usado para adicionar dados a telefones celulares através da câmera fotográfica. Os “QR Codes” estão sendo usados em muitas revistas, campanhas publicitárias e até em games, como o Homefront para divulgação de mensagens e dicas do jogo.

    A banda Pet Shop Boys, no clipe da música “Integral” utilizou inúmeros QR Codes com links para diferentes sites. No Brasil, o Metrô de São Paulo adotou o uso do QR Code para disponibilizar aos seu usuários o acesso mais rápido ao conteúdo do site do Metrô na sua versão mobile.

    Embora pareça ter sido “desvirtuado” de sua concepção inicial, o QR Code também pode ser usado como uma maneira eficiente de adicionar dados num formato de cartão de visita em aparelhos celulares. Para criar o seu próprio QR Code, existem programas que podem ser instalados no PC ou podem ser gerados por serviços gratuitos disponibilizados em sites. Acessando o site, é possível criar um QR Code personalizado.

    Selecione o tipo de mensagem que será codificada.
    Gerando um QR Code através de serviço gratuito (Foto: Reprodução)Gerando um QR Code através de serviço gratuito (Foto: Reprodução)
    No exemplo, a opção foi feita pela mensagem de texto. Nessa opção serão codificadas mensagens de até 250 caracteres. Após digitar o texto da mensagem, clique no botão “Generate”. A imagem contendo o QR Code pode ser baixada ou ter o seu link disponibilizado para ser publicado em sites e blogs.

    Para que o código possa ser escaneado, é preciso contar com um aparelho celular que possua câmera digital e um software de leitura para QR Code. Neste site está disponível uma lista aplicativos que podem ser baixados e instalados em diferentes modelos de aparelhos celulares.

    Para usuários de iPhone, pode ser baixado gratuitamente na App Store o aplicativo Qrafter. Usuários do Android podem buscar o aplicativo QR Droid na Android Market. Já os usuários de Blackberry podem instalar o Blackberry QR-Code Reader.

    O procedimento de leitura de um QR Code é simples. Execute o aplicativo instalado no seu celular, posicione a câmera digital de maneira que o código seja escaneado. Em instantes, o programa irá exibir o conteúdo decodificado ou irá redirecioná-lo para o site do link que estava no código.

    Vale salientar que, em situações que necessitem visualizar o conteúdo em algum site, o aparelho celular deverá contar também com funcionalidade de navegação e com um plano de dados. A coluna Tira-dúvidas fica por aqui, divirta-se codificando e decodificando os “enigmas” ocultos nos QR Codes.

    Para ler QR codes, costumo usar o Google Goggles. Outra boa opção é o BeeTag, que tem suporte para Android, iOS, Symbian, Windows Phone e BlackBerry, entre outras plataformas.
    Para criar QR codes, minha dica é o http://qrcode.kaywa.com. Veja a inforesgate no seu aparelho de celular, coloque na imagem abaixo, este aí, por exemplo, foi feito lá:


    Um vídeo para saber mais:

    Clique AQUI para ver o código em uma camiseta.
    Veja AQUI algumas tatuagens temporárias.
    Veja AQUI o clip dos Pet Shop Boys. Pause nos momentos dos códigos e aponte a câmera do seu celular.
    Mais alguns códigos AQUI.
    Campanha da DM9DDB com QR Code AQUI.
    Programa de TV francês: caça ao tesouro com QR Code AQUI.
    E AQUI, mais uma lista de sites para você brincar de descobrir.
    Fonte: G1 , Olhar Digital

    Abraços,

    Ricardo Aguero

    Google compra Motorola

    A Google anunciou na manhã desta segunda-feira (15 de agosto) a compra da Motorola Mobility pelo valor de US$ 40 por cada ação, resultando em um negócio total de US$ 12,5 bilhões. O acordo foi aprovado por unanimidade entre os conselhos de administração de cada companhia, e representa um ganho de 63% em relação ao valor das ações da Motorola na última sexta-feira (12 de agosto).
    A aquisição da Motorola vai permitir que a Google fortaleça ainda mais a marca Android, aumentando a competição no mercado de telefonia móvel. A Motorola Mobility será operada como um negócio separado pela companhia de Mountain View, que continuará a disponibilizar o sistema operacional para smartphones como uma plataforma aberta.

    Proteção contra competidores

    Em uma atualização publicada no blog oficial da Google, Larry Page afirma que a compra não se deve somente ao apoio que a companhia dava ao Android, mas também devido ao fato da Motorola ser “uma líder de mercado em dispositivos caseiros e no negócio de soluções em vídeo”.
    O fundador da gigante de buscas também afirma que a compra vai ajudar a desenvolvedor o portfolio de produtos da companhia, ajudando a se protege das ameaças representadas pela Microsoft, Apple e outras empresas. Page também se comprometeu a continuar a parceira entre o Android e outros fabricantes, afirmando que a compra da Motorola não deve representar prejuízos a nenhum parceiro.

     A Motorola é uma das parceiras do sistema
    operacional do Google, Android (Foto: Divulgação)

    A transação ainda está sujeita ao recebimento de aprovações de órgãos regulatórios dos Estados Unidos, União Europeia e outras jurisdições. A expectativa é que o negócio se concretize entre o final de 2011 e o começo de 2012.

    Reação positiva do mercado

    Os parceiros comerciais da Google responderam de maneira positiva ao anúncio da compra da Motorola. Peter Chou, CEO da HTC, disse que a notícia é bem-vinda e mostra o comprometimento da gigante de buscas em defender a plataforma Android, seus parceiros e todo o ecosistema de sistema operacionais para smartphones.
    Bert Nordberg, presidente e CEO da Sony Ericsson, tem opinião semelhante, destacando o comprometimento da companhia em defender o Android e seus parceiros. Da mesma forma, Jon-Seok Park, presidente e CEO da LG expressou animação quanto à nova empreitada da empresa da Mountain View.

    Fonte: TECMUNDO

    Abraços,

    Ricardo Aguero
    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

    Info Resgate Headline Animator

    Ocorreu um erro neste gadget