Nos acompanhe - Assine o nosso feed e a nossa newsletter

Gostou da INFORESGATE? Nos Acompanhe - Assine o nosso FEED RSS ou a nossa newsletter! E fique sempre informado! :)

Assinar o feed

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Segurança e Proteção ao seu PC



Deixei um post a algum tempo atrás sobre "Como acessar a internet com segurança" e outro dizendo "Antivírus qual usar?". Estou deixando mais um POST de proteção pois muitas pessoas que navegam no meu blog ainda possuem muitas dúvidas em relação ao assunto. Abaixo seguem mais alguns programas que indico e cito o forticlient novamente por ser uma ferramenta bem completa e gratuita, aliás...todos os softwares que deixo aqui a disposição de vocês são ferramentas gratuitas e de fácil manuseio, bom proveito. 

Segurança simplificada: O Microsoft Security Essentials 2 impressiona, e agora que o produto final está disponível para download, ficou melhor ainda. Com proteção anti-vírus e anti-spyware e firewall integrado, o Security Essentials provê proteção sólida contra as ameaças mais comuns sem prejudicar o desempenho de seu PC ou incomodá-lo com lembretes de atualização.



Segurança Simplificada 2 - O fortclient impressiona pelas suas ferramentas. FortiClient Endpoint Security Suite é uma suíte completa de aplicativos de segurança para o Windows, abrangente e com várias opções de configuração, ideal para quem deseja segurança enquanto navega na internet e não quer gastar dinheiro para isso, muitos recursos de proteção e o melhor...de graça. Recursos aqui é o que não faltam: antivírus, antispyware, proteção a redes locais e redes de longa distância, firewall personalizável, prevenção de intrusos, filtro para web, sistema avançado de proteção contra softwares mal intencionados, proteção anti-rootkit, análise de comportamento para identificação de malwares e também proteção em tempo real durante navegação na web. Tem opção para sistemas windows de 32 e 64 bits.


Mantenha o software em dia: agora que quase qualquer aplicativo em um PC pode acessar a Internet, há dezenas de furos de segurança em potencial em nossos sistemas. O Secunia Personal Software Inspector (PSI) ajuda a reduzir os riscos procurando por atualizações de segurança em todos os programas instalados em seu computador. Quando o executei, o PSI encontrou sete programas desatualizados em minha máquina e me indicou onde baixar as atualizações necessárias. Me sinto muito mais seguro.


 Exterminador de arquivos: quando você “apaga” um arquivo de seu computador, o sistema operacional apenas marca o espaço ocupado por ele como “vazio” e eventualmente o reutiliza. Mas há ferramentas que podem recuperar estes arquivos “apagados”, o que pode expor informações se seu computador cair nas mãos de pessoas mal-intencionadas. Para apagar realmente os arquivos use o Eraser, um utilitário que usa técnicas aprovadas pelo departamento de defesa dos EUA para se fazer a tarefa, sobrescrevendo os dados sucessivamente até que estejam irreconhecíveis e irrecuperáveis.


USB seguro: você confia naquele pendrive que seu amigo quer plugar no seu PC? Se você usa o Panda USB Vaccine, não precisa se preocupar: este utilitário neutraliza ameaças comuns que chegam através de pendrives e discos removíveis, e impede que o malware “pule” para seu HD.

panda_usb_vaccine-360px.jpg
Panda USB Vaccine: proteção contra malware distribuído em pendrives

Guardião das senhas: você quer usar seus sites favoritos sem ter de ficar lembrando uma dúzia de senhas diferentes por dia? Em vez de usar a mesma senha em todos eles (o que é um tremendo risco de segurança) experimente o LastPass, um utilitário que armazena as senhas de todos os seus sites favoritos protegidos por uma “senha mestra” de sua escolha.

Ele se integra ao Internet Explorer, Chrome, Firefox e Safari, pode preencher formulários de login para você e tem uma ferramenta para geração automática de senhas seguras. Usuários da versão Premium (que custa apenas US$ 1 por mês) também tem acesso a aplicativos para Android, iOS, Symbian, Windows Phone e Blackberry. É essencial.


Como sempre um vídeo para melhor entendimento do assunto:

No teste a seguir, você pode simular alguns ataques de spywares ao seu computador e verificar se o seu antivírus está detectando essas invasões. Esta simulação é inofensiva, apesar de utilizar os mesmos caminhos que os vírus e spywares em seus ataques.  Faça os testes sugeridos AQUI e, ao final, clique AQUI e execute o programa sugerido para voltar o seu sistema ao ponto inicial. 

Fonte das dicas do vídeo : Olhar Digital

Abraços,

Ricardo Aguero 

iOS 5 copia o Android descaradamente

Vou explicar, algumas funções que estão presente no novo iOS da Apple já existem no Android desde o seu nascimento...rs...Já tinha dito no post a algum tempo atrás "BRIGA DE GENTE GRANDE", sobre quem será que vai dominar o mercado de celulares e smarthphones? Essa briga está no início e o embate e acusações de ambos os lados não está nem um pouquinho monótono...rs.


Os novos recursos no sistema da Apple serão bem-vindos entre os usuários de iPhones e iPads, mas é difícil chamar o iOSs de “o sistema operacional para aparelhos móveis mais avançado do mundo” quando a Apple está correndo atrás da concorrência. Abaixo vou deixar apenas os mais perceptíveis verificando dois modelos similares.



Central de Notificações
 
No iOS 5 os usuários não terão mais que se preocupar com janelinhas de alerta irritantes que interrompem suas sessões de jogos ou leitura. Em vez disso, os alertas (notificações) surgem discretamente no topo da tela, e desaparecem tão rapidamente quanto surgiram.
Com um gesto do topo para o centro da tela é possível “puxar” um painel com todas as notificações (Notification Center, ou “Central de Notificações”), descartar as indesejadas ou acessar diretamente os aplicativos que as geraram. 
É uma ótima forma de lidar com alertas e algo que os usários do Android amam desde 2009, quando o recurso surgiu a versão 2.0 do sistema.

Integração com a nuvem

Com o iCloud é possível fazer um backlup online dos dados em seu aparelho, incluindo aplicativos, configurações, calendários e mais. Se você comprar um novo aparelho com iOS, bastará digitar seu Apple ID e senha para que as configurações sejam restauradas a partir do conteúdo armazenado no iCloud. Não será mais necessário plugar o aparelho a um PC ou Mac, nem usar o iTunes para restaurar um backup.
Usuários do Android já tem acesso ao mesmo recurso: durante a configuração inicial de um novo aparelho basta inserir o Google ID e o usuário tem a opção de restaurar as configurações de um aparelho antigo a partir de um backup online. Neste último caso todos os aplicativos instalados, configurações de e-mail e Wi-Fi, calendários online e até documentos do Google Docs serão reinstalados automaticamente.

Integração com redes sociais

A Apple está implementando no iOS 5 um profundo sistema de integração com o Twitter que permitirá aos usuários “tuitar” diretamente a partir de aplicativos como Photos, Camera, Safari, YouTube e Maps. O Android não tem integração nativa com o Twitter, mas tem algo tão bom quanto chamado Intents. Com isso os aplicativos, incluindo clientes para redes sociais, podem trocar conteúdo entre si.
O resultado é simples: instale um aplicativo de Twitter em um smartphone Android e todos os outros aplicativos que tenham alguma forma de compartilhamento de conteúdo passam a ter a capacidade de acessar o serviço. Você pode compartilhar URLs no navegador, locais no Maps, vídeos no YouTube, fotos da Galeria de imagens e muito mais. E isso também funciona com outras redes sociais, como o Facebook.

Atualizações online

A Apple finalmente alcançou o Android e promete oferecer um sistema que permitirá a atualização dos aparelhos com iOS via internet, sem a necessidade de conexão a um PC ou Mac com iTunes.
O Android tem este recurso desde o primeiro dia, mas tenho que admitir que o sistema é notório pela demora no lançamento das atualizações, já que o processo é parcialmente controlado por operadoras e fabricantes. Será interessante ver o quão bem a Apple conseguirá implementar um recurso que se mostrou problemático para seu principal concorrente.

Bater fotos com o botão de volume

No iOS 5 usuários poderão bater fotos usando os botões de volume na lateral do aparelho, em vez do botão virtual na tela. O que é curioso, já que um aplicativo para iPhone chamado Camera+ tentou incluir este recurso várias vezes, e foi constantemente barrado pela Apple.
Muitos smartphones Android tem um botão dedicado para a câmera, e os que não tem podem fazer uso dos botões de volume (ou quaisquer outros botões no aparelho) graças à flexibilidade oferecida pelos múltiplos aplicativos de câmera no Android Market.

Mas espere, será que a Apple copiou só o Android? Joe Belfiore, executivo da Microsoft responsável pelo Windows Phone 7, disse no Twitter (aqui e aqui) que se sentiu “lisonjeado” em ver tantos recursos de seu sistema aparecerem no iOS 5, entre eles o acesso rápido à câmera e notificações a partir da Lock Screen, upload automático de imagens e integração com redes sociais.
Apesar das acusações de quem copiou quem, o resultado final dessa “troca de idéias” é um só: aparelhos mais sofisticados e com mais recursos. Quem ganha somos nós, os usuários. Não é isso que todos queremos?

Para Saber Mais:
PCWorld

Como sempre, um vídeo para melhor entendimento do assunto, nesse caso...um comparativo:


Abraços,

Ricardo Aguero
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Info Resgate Headline Animator

Ocorreu um erro neste gadget