Nos acompanhe - Assine o nosso feed e a nossa newsletter

Gostou da INFORESGATE? Nos Acompanhe - Assine o nosso FEED RSS ou a nossa newsletter! E fique sempre informado! :)

Assinar o feed

sexta-feira, 27 de maio de 2011

NERD, qual tipo você é?

Isso mesmo, se você chegou até esse blog, você é um nerd mas de qual tipo.


Série The BIG BANG THEORY (Imagem somente para divulgação)



Os nerds atualmente estão no cinema, em músicas, em séries, literalmente mudando a vida das pessoas com lançamentos fantásticos, pois se você está acessando a internet sem nenhum fio e lendo esse texto, acessando de um celular, de um tablet, de uma tv, do carro, do notebook, do vídeogame, de uma lan house, de um hospot, agradeça a um nerd...rs... Aquele nerd que fica sem vida social, existe, mas não como antes, está mais na mídia e em alta do que todos pensam. Recentemente ao ler uma matéria da revista INFO (muito boa por sinal) vários famosos assumem que são NERDS. A INFO subdivide os NERDS em apenas cinco categorias conforme a reportagem (quem ainda não leu a matéria, pode comprar a mesma em banca (- Edição 303 - Maio de 2011-)) - essa informação, conforme a reportagem vem do livro "A história do meu povo - Benjamin Nugent" . A matéria da capa é PODER NERD, na matéria O PODER NERD CONTRA-ATACA, temos várias referências aos NERDS da atualidade Steve Jobs, Bill Gates, Rafinha Bastos (o bam-bam-bam do twitter...rs) entre outros. 


Em Suma vamos á divisão da INFO sobre os NERDS:


NERD NEANDERTHALIS (NERD) - tem obsessão por assuntos incomuns, paixão por máquinas e inaptidão social. Em muitos casos é inteligente e vive recluso entre livros e internet. Quando usa óculos os modelos têm lentres grandes e grossas;


NERD DESCOLADUS (GEEK) - Adora videogames, histórias em quadrinhos, filmes e internet, A diferença para o nerd clássico é que, além de tudo isso, possui amigos e vida social agitada;


NERD APARENTHAE (HIPSTER) - cuidado para não confundir com o nerd original. Embora use óculos de aros grossos e camisetas apertadas, o hipster nem sempre é profundo conhecedor de um assunto. Ele é mais um nerd por questões estéticas;


NERD TECNICUS (HACKER) - Nos EUA, o hacker é um nerd com profundo conhececimento em computação e eletrônica. Por aqui a mídia deturpou o termo "hacker" e usa ele indiscriminadamente para associar ao cara que usa seu "talento" para cometer crimes digitais (mesmo não cabendo esse termo ao mesmo);


NERD MAXIMUS (DORK) - é o mais nerd de todos os tipos. Além do gosto excessivo por todos os assuntos ligados à cultura nerd, tem sérios problemas de relacionamentos e aversão a esportes em um nível extremo.


Para saber mais:


Como sempre um vídeo, dessa vez o clipe dos Seminovos "escolha já seu nerd".




Eu me encaixo no "NERD GEEK"..rs...e você, em qual se encaixa? comente aí...BAZINGAAAAA!!!!!!!


Abraços,


Ricardo Aguero

Tecnologia e a Camisinha

Pois é, vou comentar sobre um fato que muito jovens (meninos e meninas), marmanjos (homens e mulheres) e senhores da "melhor idade" (vovôs e vovós), torcem o nariz ao falar disso. Vamos falar da "camisa de vênus" mais conhecida como camisinha e como ela evoluiu com o tempo conforme a tecnologia avançava. 


O nascimento da camisinha não foi muito nobre...rs...Ao contrário do que a maioria das pessoas imaginam, a camisinha é uma invenção bastante antiga. Na Ásia usava-se um envoltório de papel de seda untado com óleo. No Antigo Egito os egípcios já usavam ancestrais de camisinhas não como anticoncepcionais, mas como proteção contra picadas de insetos (durante as caçadas, não no sexo). Elas eram feitas de tecido ou outros materiais porosos pouco eficazes como métodos anticoncepcionais. 


Em 1300 a.C. os egípcios utilizavam um envoltório sobre o pênis feito de linho, pele e materiais vegetais.
No século II a.C., os romanos começaram a utilizar estes envoltórios produzidos a partir de intestinos de cordeiro e bexigas de cabra para se protegerem de doenças sexualmente transmissíveis. Os romanos acreditavam que tais doenças eram castigos lançados por Vênus, a deusa do amor, que posteriormente teve seu nome dado a essas doenças e hoje conhecemos por “doenças venéreas”.
A primeira evidência na Europa Ocidental, apareceu nas paredes da caverna de Combarelles, em França, entre 200 e 100 a.C.


Mas, durante a Idade Média, com a disseminação de doenças venéreas na Europa se fazia necessário a invenção de um método mais eficaz. Em 1564, o anatomista e cirurgião Gabrielle Fallopio confeccionou um forro de linho do tamanho do pênis e embebido em ervas. Mais adiante, estes preservativos passaram a ser embebidos em soluções químicas (pretensamente espermicidas) e depois secados.


Foi só no século XVII, que a camisinha ganhou um "toque de classe". O Dr. Quondam, alarmado com o número de filhos ilegítimos do rei Carlos II da Inglaterra (1630-1685), criou um protetor feito com tripa de animais. O ajuste da extremidade aberta era feito com um laço, o que, obviamente, não era muito cômodo, mas o dispositivo fez tanto sucesso que há quem diga que o nome em inglês (condom) seria uma homenagem ao médico. Outros registros indicam que o nome parece vir mesmo do latim "condus" (receptáculo). O condom era feito de intestino de cordeiro e lubrificado com óleo de amêndoas. Em 1700, começaram a produzir este envoltório com intestino de peixe, carneiro e outros animais com o intuito de deixá-las mais finas e menos incômodas. 




No início do século XVIII, Londres funda a primeira loja de preservativos. Estas eram feitas de intestino de carneiro ou cordeiro com aromatizantes florais e sob encomenda.A "camisinha-tripa" seguiu sendo usada, até 1839, quando Charles Goodyear descobriu o processo de vulcanização da borracha, fazendo-a flexível a temperatura ambiente. Mas não se anime que a higiene absoluta ainda não nasceu. Em 1843, os preservativos começaram a ser fabricados com borracha pela Hancock e Goodyear. Nesta época, os preservativos de borracha eram grossos, pouco aderentes, irregulares e caros e por isto lavados e reutilizados diversas vezes. As camisinhas de látex só surgiram em 1880 e daí evoluíram à medida que novos materiais foram desenvolvidos, adicionando novas formas, melhorando a confiabilidade e durabilidade. Em 1960, deixa de ser utilizada por causa da invenção da pílula anticoncepcional. Até que na década de 90 inventou-se o látex que deu ao preservativo um aspecto mais fino e confortável e retorna com força, por causa da grande epidemia de AIDS.


"...Pela primeira vez na história, um Papa admitiu o uso do preservativo para casos envolvendo prostituição num livro em que concede uma entrevista para um repórter alemão. O Papa Bento XVI flexibilizou a camisinha para casos de prostituição como um "recurso derradeiro", e, "de forma nenhuma", isso seria um marco para a mudança nas concepções sobre o recurso para contracepção e prevenção de doenças sexualmente transmissíveis. 
(Fonte Terra)..."
Hoje você encontra camisinha das mais variadas marcas, tamanhos e sabores. Mais recentemente, para estimular o pessoal a adotar a camisinha (pois parece que o pessoal está esquecendo e adora "pegar doenças"), foi inventado a CAMISINHA VIAGRA...ainda está em testes, mas pelo testes pode vir a ser comercializado em pouco tempo...rs...essa notícia foi passada pelo site GIZMODO, mais informações sobre a camisinha viagra clique aqui.


Para saber mais:



CQC

Arte & Manhas

GIZMODO

Mundo Estranho - Como é feita a camisinha?



Como sempre, um vídeo para melhor entendimento do assunto:



Vídeo sobre a evolução da camisinha na história e as melhores campanhas para uso do preservativo
Abraços,



Ricardo Aguero

Porquê tanto estardalhaço pelo IPAD 2???

Hoje começou as vendas do iPAD 2 oficialmente no país. Mas, na minha opinião, chegou e demorou muito, pois já há concorrentes de peso que o batem de frente. Vai vender mais que os outros, vai, mas não porque possui mais recursos, simplesmente por causa de "STATUS", é o que ocorre com o iPHONE. Vende porque a pessoa quer o "status" de possuir um produto da apple, design sempre bem feitos mas que peca nos recursos.



Vi algumas comparações deste e daqueles produtos e o iPAD só ganhou no design e perdeu em muitos aspectos. Vamos ver se pelo menos ele ganha no preço.



Para ver as comparações, segue alguns:


Há também a briga de Sistemas, onde, no momento quem está se sobressaindo sobre o iOS é o o Android como ja foi informado aqui pelo post "BRIGA DE GENTE GRANDE - iOS x Android".

O preço também pode vir a ser o diferencial, pois os ao que tudo indica os iPADS serão produzidos por aqui e podem sofrer uma redução de preços. Ainda digo que só ganha no design, quem o adquire fica com o "status", mas existem tablets melhores no mercado.

Para saber mais:






Como sempre um vídeo para melhor entendimento do assunto:




Abraços,


Ricardo Aguero
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Info Resgate Headline Animator

Ocorreu um erro neste gadget