Nos acompanhe - Assine o nosso feed e a nossa newsletter

Gostou da INFORESGATE? Nos Acompanhe - Assine o nosso FEED RSS ou a nossa newsletter! E fique sempre informado! :)

Assinar o feed

domingo, 31 de julho de 2011

Eleições de 2012 terá 10 milhões de eleitores usando biometria


Nas eleições municipais de 2012, cerca de 10 milhões de pessoas, segundo estimativa da Justiça Eleitoral, vão escolher seus representantes por meio da identificação biométrica, em que os eleitores, na hora de votar, são identificados eletronicamente por suas impressões digitais.
Para que isso aconteça, a Justiça Eleitoral continua com o trabalho de cadastramento em vários municípios. Nesta segunda-feira, o cadastramento de eleitores foi iniciado em Itupeva (SP) e Vicência (PE). Nesta terça-feira será a vez de Sanharó (PE). Na semana passada, o trabalho foi iniciado em Catende (PE). A previsão é que o trabalho nesses municípios esteja concluído até 31 de outubro, com o cadastramento de 90.143 eleitores.
Outras cidades também já começaram seus registros, como nos estados de Alagoas e Sergipe, nas capitais Goiânia e Curitiba e nas cidades de Aliança, Caruaru e Macaparana, em Pernambuco. Jundiaí (SP) também deu início ao recadastramento que, até a implantação de uma central de cadastramento, o atendimento aos eleitores será feito nos três cartórios eleitorais do município.
No Estado do Rio de Janeiro, apenas os cerca de 20 mil eleitores de Armação dos Búzios estão cadastrados biometricamente desde a eleição passada. Por enquanto, não há previsão de implantação do sistema em novos municípios fluminenses.


A nova tecnologia já foi utilizada com sucesso nas eleições de 2008 - nos municípios de Colorado do Oeste (RO), Fátima do Sul (MS) e São João Batista (SC) -, e nas eleições gerais de 2010, alcançando um total de 60 cidades de 23 estados, incluindo Búzios no Rio de Janeiro.
Participaram da votação os eleitores submetidos a um recadastramento para identificação biométrica, totalizando mais de 1,1 milhão de eleitores que foram cadastrados naquele que deve se tornar um dos mais avançados e precisos bancos de dados.
Por meio desse sistema, segundo o TSE, o país terá não só a votação mais informatizada como também a mais segura, já que não haverá dúvidas quanto à identidade de cada eleitor. Para se ter uma ideia do grau de segurança que será alcançado, basta lembrar que uma única digital pode ser utilizada para identificar uma pessoa.
No dia da votação, após a apresentação dos documentos pelo eleitor, a identidade do eleitor será confirmada por meio do reconhecimento biométrico de sua impressão digital. Se o mesário tiver dúvidas com relação ao eleitor, ou se a sua digital não for reconhecida, aquele terá à sua disposição a folha de votação com as fotos de todos os eleitores daquela seção, a qual poderá recorrer para confirmação da identidade.
O objetivo é excluir a possibilidade de uma pessoa votar por outra, tornando inviável a fraude no procedimento de votação.

Como sempre um vídeo para entender melhor o assunto:


             
Fonte: Jornal OFluminense, WEBTVCN

Abraços,

Ricardo Aguero

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Info Resgate Headline Animator

Ocorreu um erro neste gadget