Nos acompanhe - Assine o nosso feed e a nossa newsletter

Gostou da INFORESGATE? Nos Acompanhe - Assine o nosso FEED RSS ou a nossa newsletter! E fique sempre informado! :)

Assinar o feed

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Google anuncia fim do Wave, serviço que prometia 'matar' o e-mail

   Para quem está chegando agora não deve saber, mas o google wave prometia uma revolução integrando vários produtos numa interface única e amigável, o que não era bem o caso na prática. Lembro de ter discutido isso no meu trabalho com o pessoal da info de lá, assim que o google deixou o pessoal  acessar e cadastrar a vontade para entrar no google wave e não faz muito tempo, quando disse que o google deu um passo maior do que as pernas e que não ia para lugar nenhum esse "projeto" do google wave, quase apanhei...tae...nada mais do que um dia após o outro...rs...nesse caso...só foi esperar uns dois meses...rs

   O Google anunciou oficialmente nesta quarta-feira (4) o fim do desenvolvimento da plataforma de comunicação Google Wave. O sistema, anunciado há um ano como o serviço que iria substituir o e-mail no futuro, deve sair do ar até o final do ano, de acordo com uma nota publicada no blog oficial da empresa.

     Na mensagem, o Google diz ter colhido "vitórias" com o projeto, principalmente por conta da ajuda de desenvolvedores independentes. "Mas apesar destas vitórias, e muitos fãs leais, o Wave não viu a aprovação do usuário que teria gostado. Nós não pretendemos continuar a desenvolver o Wave como um produto autônomo, mas vamos manter o site pelo menos até o final do ano e estender a tecnologia para uso em projetos do Google."
     Uma das principais críticas dos usuários era a dificuldade de uso e os constantes bugs que impediam que, muitas vezes, os "waves", como se chamavam os tópicos de discussão no serviço, fossem atualizados simultaneamente para todos os participantes. Alguns navegadores "engasgavam" na hora de carregar o site, principalmente nos primeiros meses de uso. Os conceitos de "waves" públicas e privadas também eram de difícil compreensão.

    
      Incluir "widgets", serviços que permitiam a inserção de fotos, mapas ou outros pequenos programas na conversa, também era uma tarefa pouco intuitiva. No final, o Google Wave jamais chegou a ameaçar o e-mail, perdendo também a oportunidade de capitalizar na onda de crescimento de outras redes sociais como Twitter e Facebook.
     "A parte central do código, bem como os protocolos que têm impulsionado muitas das das inovações do Wave, já estão disponíveis em código aberto, para que os clientes e parceiros possam continuar a inovação começamos", diz o comunidado do Google. A empresa se comprometeu também a criar ferramentas para facilitar a transferência do conteúdo armazenado no Wave para outras plataformas.

Fonte: Minilua, G1

Abaixo segue um vídeo de como deveria funcionar o agora "com os dias contados" Google Wave, somente para vocês saberem, quem nunca entrou ou acessou a dita "nova onda"...o que perderam...rs




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Info Resgate Headline Animator

Ocorreu um erro neste gadget